20.9.07

O RIO É COISA DE CINEMA

Chegou a época mais esperada do ano!!



Eu, todo ano, não vejo a hora de chegar a o mês de setembro! É quando começa o Festival do Rio. Um dos melhores eventos existentes na atualidade para cinéfilos que, como eu, podem ver alguns filmes, antes da estréia, conhecer filmes que podem nem estrear no circuito comercial e rever outros tantos. É uma época mágica!

Esse ano fiquei assaz empolgado quando soube que poderia finalmente assistir ao Grindhouse, a pérola dupla co-dirigida por Quentin Tarantino e Robert Rodriguez. Só é pena não ver o filme como foi concebido: juntos e com trailers falsos no meio, entre um e outro. Como os antigos cinemas-poeira. Aqui, como em Cannes, eles serão exibidos individualmente. O único mistério é saber se virão com os traillers falsos.

Pelo menos já garanti o meu ingresso pra ver À Prova de Morte, a metade do Tarantino. O Planeta Terror, do Rodriguez, ainda não chegou o rolo ao Brasil e não foi liberado.

Entre os que desejo muito assistir, ainda estão:
- Sicko, do Michael Moore, sobre o sistema de saúde do US and A (tm by Borat!), que ganhou o horroroso título de SOS Saúde;
- Hairspray, refilmagem do maravilhoso clássico cult de John Waters, com John Travolta no papel que foi da Divine;
- A Ópera do Mallandro, um curta que passeia na obra de Sergio Mallandro, com participações do próprio, Sidney Magal, Lázaro Ramos, Wagner Moura...
- O assassinato de Jesse James pelo covarde Robert Ford, comentado western estrelado pelo Brad Pitt e que demorou muito tempo pra ser finalizado;
- Velha Infância, na mostra Pocket Films. Filme do meu camarada Thomas Missfield que eu não vi, mas soube que merece ser visto! Ok... Momento de propaganda gratuita! Mas eu quero ver, sim!

Isso, sem contar que a abertura vai ser com o falado e já cultuado filme mais visto dos últimos tempos: o excelente Tropa de Elite. Tenho que admitir que já vi o filme e adorei! É muito bom mesmo e não é toda essa coisa que falaram em relação a violência! Mas, antes que me chamem de criminoso, incentivador ao crime e afins, tenho que informar que não compro filme pirata, mas até que baixo alguns, sim. Mas, os filmes que desejo muito ver, espero pra ver no cinema, mesmo tendo eles em minhas mãos (como aconteceu com o Duro de Matar 4.0, Simpsons, Grindhouse, etc). Nada supera a emoção de ver um filme na telona e no escurinho, com ar condicionado e cheiro de pipoca...

Fica a dica: quem estiver no Rio ou querendo vir... Nesta época, o Rio é coisa de cinema!

Ao som de Slipping Away, com os Stones.

2 comentários:

Thomas disse...

Hey, valeu por comentar seu desejo de ver o meu singelo pocket movie!

Abraço!

mfdias72 disse...

curta um filminho por mim...
marcelao