27.4.06

LENDAS URBANAS

Olha, eu até deixo passar algumas lendas urbanas que são espalhadas pela net, mas admito que ontem cheguei ao meu limite!

Recebi exatos 79 e-mails falando que o Orkut ia ser pago, porque tinha dado na Globo!

Porra!! Se deu na Globo, por que diabos ninguém dá a fonte? Em que programa? Que horas apareceu isso? E por que a Globo ia dar destaque a tal notícia?

Mas, o que me incomoda mais é o fato de que quem envia isso são pessoas que acreditam piamente no que lêem. Muitas vezes, são pessoas com uma boa instrução, mas que não se dão ao trabalho de, sequer, lerem as entrelinhas e deduzirem alguma coisa!

Tenho um parente que me envia um monte de coisas e acredita em quase tudo que recebe. Eu já até pedi pra não me copiar nisso pois é tudo mentira!

Se você acredita em tudo que lê e recebe na internet, Orkut, etc... por favor, não me envie nada dizendo que vão roubar meu rim num bar, que tomarei agulhadas no cinema, que macacos vão aparecer piscando no monitor. Não repassarei e ainda reclamarei muito!

Certa vez criei duas lendas urbanas e escolhi três pessoas-chave pra enviar. Fiz uma lista grande amigos e listas de discussões e inclui essas pessoas. Legal! Deu resultado! Uma delas chegou onde eu queria e a outra voltou pra mim já quatro vezes, através de pessoas diferentes.

O que eu ganhei com isso? Bom, nada, se você vir sob um ponto de vista. Diversão, se você vir sob outro ponto de vista.

Mas, no fundo, prova-se que o ser humano é muito ingênuo e se deixa levar por qualquer informação sem checar os fatos. Só porque tem algumas fontes de credibilidade... lamentável!

É, a internet leva informação a muitos muito rápido, mas aliena as pessoas de modo que, rapidamente, as pessoas propagam essas informações sem checar...

E eu ainda vou criar novas lendas e divulgar por aí... A qualquer momento você receberá alguma e eu estarei rindo quando comentarem comigo!

Ao som de Swallowed, do Bush.

Um comentário:

Karina Marylou disse...

Loucura ou falta do que fazer?

E nós, com tanto trabalho, hein Dan?