24.7.07

PAN

Quem lê o Roquenrou há algum tempo sabe o quanto eu não sou dos mais simpatizantes com o PAN. Já falei que não era a favor e achava que ia ter muita confusão. Principalmente em aspectos de organização.

Bom, mordi a língua em muitos aspectos. Tenho que dar os parabéns ao evento!

E mais: é inevitável você não se ver torcendo por sua pátria num evento como esse.

Ontem fui ao Complexo do Riocentro ver a estréia do futsal brasileiro e fiquei maravilhado. É tudo muito bonito e bem cuidado. Só é uma pena imaginar se, depois do evento, as coisas continuarão bem cuidadas. Parque aquático, ginásios, Lagoa Rodrigo de Freitas limpa...

Acho que algumas poucas coisas deixam a desejar:

- Chegando no clima do Pan, os voluntários não sabem o que falam. Cada um dá uma informação diferente e TODAS elas erradas;
- Um sanduiche natural no Bob`s custa R$ 7,00;
- Você recebe um livreto com informações de como chegar ao evento, depois que você chega!
- A torcida gosta do clima de rivalidade. Até aí, tudo normal, mas xingar sem critério os cubanos, americanos e chilenos, acho sacanagem;
- Gritar "Bin Laden!" pra delegação dos EUA eu também não acho legal. Os caras ali não tem culpa dos erros do seu presidente e tocar numa ferida onde milhares perderam familiares é um tanto cruel. Seria como eu chegar pra família de alguém que estava no vôo da TAM e cantar uma música com avião como tema...
- Pra completar, hoje a chama olímpica, que fica no Maracanã, amanheceu apagada. Dizem que a culpa é do vento e da chuva...

Ok, de 0 a 10, ganhamos um 8 com louvor!

Ao som de Surfin` USA, com Beach Boys.

Um comentário:

Fábio C. Martins disse...

Também fiquei apreensivo com o que poderia acontecer nesse Pan, mas devo admitir que estou maravilhado. Achei a abertura digna de eventos internacionais e pelo que vejo na TV, não deixamos a deseja no quesito organização.

Bom, agora é ver no que isso tudo vai dar.
Abraços